22 de Abril de 2019

Caminhos Ancestrais – Retiro de Semana Santa 2019

Caminhos Ancestrais – Retiro de Semana Santa 2019

O caminho Vermelho dos nativos norte americanos, o Verde dos povos amazônicos ou o Oriental dos ancestrais indianos não foram os únicos explorados no retiro Caminhos Ancestrais que aconteceu no Instituto Ibietê durante o último feriado de Semana Santa.

As pessoas participantes do encontro não somente se depararam com uma oportunidade de aprofundar-se nesses saberes anciões, como também experimentaram um grande mergulho de autoconhecimento e reencontro de almas.

A imersão se iniciou na noite de quinta-feira com uma calorosa recepção em volta da fogueira, onde as recém chegadas e a equipe Ibietê trocaram conversas e consagraram a medicina do Rapé.

Nos dias seguintes, em meio a refeições deliciosas e infinitas partilhas de saberes, foram realizadas algumas dinâmicas e atividades, como jornadas espirituais por meio da meditação, trilhas para fortalecimento da conexão com a Mãe Natureza, rituais de pintura corporal, consultas ao oráculo, rodas de conversa sobre o Sagrado Feminino, técnicas de alinhamento e ativação dos chakras, entre outras tantas. 

Das conversas na cozinha durante o preparo dos alimentos aos momentos mais ritualísticos de expansão da consciência, era nítido o quão intenso se dava o processo de olhar para dentro através da projeção no outro, ou por melhor dizer, o quanto podemos nos reconhecer na experiência do próximo e sentimo-nos menos solitários em nossos processos mentais/emocionais/espirituais.

Reafirmava-se a cada instante o quanto a experiência coletiva e as trocas podem positivar processos, ressignificar desafios, fazer com que as pessoas sintam-se mais reconhecidas e por consequência sejam impulsionadas a seguir seus propósitos de vida. Foi transitando por essa vibração que no sábado a noite se realizou uma cerimônia de consagração da Ayahuasca, num belo ritual em torno da fogueira onde aquelas e aqueles ali presentes tiveram a oportunidade de mergulhar ainda mais fundo no seu próprio Ser e naqueles vínculos de outros planos que vinham se manifestando durante todo o retiro.

No Domingo pela manhã, mais um momento de desfrute e sintonia em volta da mesa de café da manhã, local que sediou refeições fantásticas somente a base de alimentos livres de origem animal e preparados com muito afeto pela equipe do Instituto.

Cada momento deste retiro foi especial e aqueceu os corações dos envolvidos, despertou algo na consciência, agregou mais valor aos caminhos que ainda hão de ser trilhados por todos nós. Saímos todas e todos com um forte sentimento de gratidão, AHO! 

Autor

Ana Mattar

Voluntária Instituto Ibietê